Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DVD

DVD

O Melhores DVDs de 2006

Chegou com algum atraso, mas aqui está a minha habitual lista dos meus filmes preferidos  lançados este ano em Portugal.

Foi uma escolha difícil, e alguns filmes de que gostava ficaram de fora, mas quis reduzir a 20 o número de escolhidos. Além disso não vi alguns potenciais candidatos, como é o caso de O Novo Mundo.

Sem mais demoras, aqui fica aqui a (longa) lista:



Carros (Cars)

Diz muito sobre a Pixar, a companhia também responsável por À Procura de Nemo, Monsters Inc ou Incredibles - Os Super  Heróis, que o um dos seus piores filmes seja o melhor do filme de animação estreado este ano. De facto, embora falte algo a este filme para chegar ao nível dos seus antecessores, não deixa de ser um superior entretenimento, para públicos de todas as idades. A nível técnico o filme está irrepreensível, as vozes estão soberbas, falta simplesmente aquele toque de perfeição a que a Pixar nos tem habituado.

Pena mesmo é a edição de dvd, que não teve a mesma atenção que as dos filmes anteriores, sobretudo por apresentar extras mais dirigidos às crianças.



Coisa Ruim

Que grande surpresa foi este filme de Frederico Serra e Tiago Guedes. Explorando o mundo rural português e as suas superstições, este foi o primeiro filme português de que gostei tanto que tive de comprar o dvd assim que saiu, para o rever. 

As  interpretações, neste filme, são excelentes, e é realmente pena ver como temos grandes actores que são constantemente obrigados a entrar em telenovelas de segunda categoria para sobreviverem na profissão.

Nos extras pedia-se um making of sobre a rodagem, e é realmente pena que não esteja presente, mas a classificação alta que dei aos extras, deve-se à qualidade do comentário áudio que acompanha o filme, com os realizadores, o argumentista Rodrigo Guedes de Carvalho e Nuno Markl.



A Descida (The Descent)

Um excelente filme de terror, mesmo para quem normalmente não gosta do género. Um excelente filme de suspense. Podem ler aqui a minha crítica.




Há Dias de Azar (Lucky Number Slevin)

Há dias de Azar é um dos melhores entretenimentos deste ano. Tem excelentes diálogos, entregues por um grande naipe de actores, que claramente se divertiram tanto a rodar o filme como o expectador se diverte a vê-lo. E tem um twist final, que embora possa não ser totalmente lógico se se pensar muito nele, é uma inesperada e gloriosa surpresa.

Não vi os extras deste dvd.



Harry Potter e o Cálice de Fogo (Harry Potter and the Goblet of Fire)

A saga do jovem aspirante a feiticeiro dispensa apresentações. No seu quarto ano em Hogwarts Harry Potter enfrenta novos desafios entre os quais o vilão Voldemort, interpretado por um Ralph Fiennes quase irreconhecível. Quem gosta dos três filmes anteriores não ficará desiludido com mais esta adaptação, quem não acha grande piada à criação de J. K. Rowling, também não deverá render-se com este capítulo.

Os extras mostram com pormenor a rodagem do filme, desde o trabalho com os actores aos inspirados efeitos visuais.



Infiltrado (Inside Man)

Um dos melhores e mais inteligentes blockbusters deste passado Verão veio curiosamente das mãos de Spike Lee. O filme é assumidamente uma homenagem a filmes de assaltos a bancos, principalmente ao fabuloso Um Dia de Cão, mas tem uma identidade muito própria. Basta ver o delicioso genérico inicial, com o movimento das letras inspiradas no movimentos das fechaduras dos cofres e uma música que ninguém se lembraria de por num filme destes, mas assenta  aqui que nem uma luva. Muito bem estão, como sempre, Denzel Washington, Clive Owen e Jodie Foster.

O dvd não tem extras.



Colecção James Bond

A qualidade dos filmes de 007 é muito variada, havendo alguns filme excelentes e outros muito maus. Já para não dizer que a opinião relativa a quais são bons varia muito e pessoa para pessoa. De qualquer modo não podia deixar de destacar esta colecção. Todos os filmes foram restaurados e receberam alguns novos extras. Como estão disponíveis individualmente, cada um pode escolher os seus preferidos.



King Kong

Este era o filme da vida de Peter Jacksson e esse amor nota-se em cada plano. Também é sabido que o coração é, por vezes, inimigo da razão, e neste caso levou o realizador neo-zelandês a tomar algumas decisões narrativas algo peculiares. De qualquer modo o resultado é largamente positivo, não só pelo grande espectáculo das cenas de acção como pela atenção dada às personagens principais, que têm uma excelente interacção na tela, apesar de uma delas só ser real nos computadores da Weta Digital.

Os extras são interessantes, mas eu pessoalmente prefiro esperar pela versão do realizador, que há de sair no nosso país um dia destes...




Léon - O Profissional

Já tardava a edição deste belo filme de Luc Besson sobre um assassino profissional que acolhe, com incerteza a principio, com carinho e admiração depois, uma menina que viu a sua família morrer à sua frente. É pena é que esta edição não tenha extras, nem a versão do realizador, que é para Besson a versão definitiva.



O Matador (The Matador)

É uma pena este filme ter passado tão despercebido nos cinemas, já que é uma boa comédia negra sobre um assassino profissional, e um homem de negócios que por acaso se vê metido num dos seus trabalhos.

O filme tem vários motivos de interesse por que merecia ser visto, mas mesmo que assim não fosse, só pela interpretação de Pierce Brosnan já valia  a pena.




Match Point

Sempre fui fã de Woody Allen, e gosto bastante até dos filmes anteriores, mais criticados (e de Scoop, que ainda está para estrear no nosso país), mas tenho de concordar que este é o seu melhor filme dos últimos (muitos) anos.

Este é um filme claramente diferente do estilo a que o cineasta nova-iorquino nos habituou. Não só o cenário muda de Nova Iorque para Londres e a música de Jazz para Ópera, como a história, sobre a sorte e  a verdadeira natureza humana apresenta uma temática mais dramática que o habitual para o realizador, principalmente pelo modo deliciosamente negro com que a desenvolve.

Como habitual nos filmes de Woody Allen esta edição não tem extras.



Missão Impossível III (Mission Impossible III)

Depois do terrível Missão Impossível II é incrível como a saga continuou, mas ainda bem que isso aconteceu. Tom Cruise teve a inteligência de escolher J. J. Abrams para realizar o filme. Aposta ganha já  Abrams utilizou a experiência adquirida na série A Vingadora (Alias) para criar um belo filmes de acção. A cena passada no Vaticano é sem dúvida uma das mais bem concebidas do ano.



Munique (Munich)

Steven Spielberg será sempre recordado como um dos melhores realizadores de sempre, não só porque não sabe fazer maus filmes (mesmo falhanços como Hook tem o seu lado interessante)  como porque transforma os seus projectos em obras primas com relativa frequência. Munique é um prodígio na realização, fotografia e montagem, mas o mais difícil é reparar nisso, já que é complicado desviar a atenção da densidade emocional da história e dos seus personagens. Um filme obrigatório e, para mim, o melhor a sair este ano em dvd.

Não se percebe é como é que em Portugal não saiu a edição de dois discos que existe lá fora...



A Noiva Cadáver (The Corpse Bride)

Se Carros é o melhor filme de animação a estrear em 2007, este é o melhor do ano passado, e um dos meus filmes preferidos desta lista.

Além  da excelência da animação, a banda sonora está ao nível do melhor que Danny Elfman tem feito. Mas o melhor é mesmo a simplicidade desarmante da história, num filme curto em duração, que é grande qualidade.

É pena os extras não serem mais completos, mas existem alguns detalhes que vale a pena ver.



Piratas das Caraíbas - O Cofre do Homem Morto
Pirates of the Caribbean - Dead Men's Chest

Era difícil dar sequência ao primeiro filme, que surpreendeu toda a gente, mas quem gostou não deverá ficar desiludido com a segunda parte da trilogia de Jack Sparrow.

O filme sofre com o facto de ser o filme do meio, isto é, de continuar o sucesso do primeiro e ao mesmo tempo não ter conclusão, por ter de preparar todos os eventos para terceiro. De qualquer modo é bastante divertido, com fabulosas e imaginativas cenas de acção.

E tem a mais brilhante das criações de efeitos digitais de sempre, o capitão Davy Jones. Parece-me ser impossível que desta vez o Óscar escape à ILM.

Quanto aos extras, oferecem um olhar completo sobre a produção, e é um dos melhores dvds do ano.




Reino dos Céus  (Kingdom of Heaven) - Versão do Realizador

A classificação do filme tem um asterisco porque é a classificação da versão de cinema. Ainda não tive oportunidade de ver o director's cut, que toda a gente diz ser bastante superior.

Mas já vi alguns dos extras, e não podia deixar de destacar aqui a melhor edição em dvd de 2006. E a caixa também ganha o prémio da mais bonita.




Serenity

Não sei como reagirão ao filme as pessoas que nunca viram Firefly, a série cancelada que  Serenity veio concluir, mas foi um dos meus filmes preferidos do ano passado.

Podem ler a minha crítica completa aqui.



Super Homem - O Regresso (Superman Returns)

Um bom filme de super heróis, que peca por não ter um pouco mais de acção e pelo plano ridículo do vilão, Lex Luthor.

De qualquer maneira a cena do salvamento do avião é de cortar a respiração e Kevin Spacey está muito bem no papel de Luthor.




V de Vingança (V for Vendetta)

Excelente filme, que podia ter sido melhor ainda com um realizador mais experiente ao leme. De qualquer modo muito interessante o tema, o herói é um terrorista que quer por fim a um governo totalitário de uma Grã Bretanha futurista.



Walk the Line

Um biopic sobre Johnny Cash seria muito mau se não tivesse na música um dos grandes trunfos. De facto a música de Cash confere ao filme um ritmo ímpar ao filme.

Um interessante olhar à primeira metade da vida do mítica cantor, em que este conhece o amor da sua vida. A relação entre os dois é a alma do filme, muito por causa da química entre os dois actores principais.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2006
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2005
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2004
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D