Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DVD

DVD

CSI em dvd

csi.JPG


É só para lembrar, ou avisar, que já foram editados em dvd os primeiros episódios da série CSI, que muita gente tem acompanhado nos fins de semana da SIC. Eu pessoalmente nunca vi nenhum episódio completo... Pelo que todos dizem, parece que estou a perder uma grande série. Talvez um dia veja, neste momento já me chegam Lost e Alias, duas grandes séries (o tempo não dá para tudo).


O dvd agora editado contém os primeiros 12 episódios e contém alguns extras, um documentário "Atrás das Cenas" e entrevistas. O preço anda à volta dos 35€.


Amanhã: Lançamentos para o mês de Abril

Sugestões da Semana: Pack Blade

blade.jpg


Já estou um pouco atrasado com o artigo mas fica aqui a minha sugestão para esta semana. O pack Blade, por 9,95€.


Esta promoção já está em vigor há algum tempo, mas deve haver alguém que ainda não saiba. O pack contém os dois primeiros filmes da trilogia (os dois que interessam portanto).

Um ano de Existência

bolo.JPG


DVD celebrou ontem o seu primeiro ano de existência. Como disse no primeiro artigo que escrevi para o blog, não criei este espaço para me tornar famoso (até porque mesmo que fosse essa a intenção, era pouco provável que conseguisse) nem para mostrar as minhas capacidades de escrita (que não são muitas). Este espaço existe apenas pela minha paixão pelo cinema. Se há pessoas que vêem cá todos os dias, é apenas um bonus, e algo que me deixa orgulhoso. A verdade é que mesmo que não viesse ninguém, escreveria os artigos à mesma, só pelo prazer que me dá.


Tenho obviamente de fazer alguns agradecimentos. Obrigado aos blogs que colocaram links para o meu espaço, especialmente os que me apoiaram logo de inicio, como o Antestreia, o Cineblog e o Hollywood, mas também os outros que estão nos meus links (aí do lado esquerdo). Um agradecimento especial ao o J.B. Martins e o Miguel Lourenço Pereira, os fundadores da Academia de Blogs de Cinema (que há de ter melhores dias) e autores de duas das melhores publicações nacionais sobre cinema. Tenho ainda de referir as pessoas que colaboraram  para o blog, o Miguel Lourenço Pereira, a Carla Santos, ambos por pouco tempo, mas com muita qualidade, e mais recentemente o Miguel Galrinho.


Um obrigado também aos sites dvdpt e DVD Mania, que são importantes sites de consulta diária.


Por fim obrigado a todos os que têm visitado o DVD, são muito mais do que alguma vez esperei.


Já agora queria aproveitar para dizer pedir a todos os leitores que deixem comentários, ou enviem mails, com sugestões para melhorar o blog. Quanto mais melhor!

Destaque da Semana: Sky Captain e o Mundo de Amanhã


Sky Captain estará nas lojas já esta semana, dia 30. O filme que conta com as participações de Gwyneth Paltrow e Jude Law (e com uma curta aparição de Angelina Jolie) é uma homenagem de Kerry Conran (que teve aqui o seu filme de estreia) aos "serials" americanos dos anos 30 e 40. Juntem-se referências a filmes clássicos como Indiana Jones, Star Wars ou King Kong, muita acção e um argumento simples mas muito eficaz, e temos um dos melhores filmes do ano passado. Como disse o crítico americano Roger Ebert, "Sky Captain ainda é mais divertido do que parece. (...) É como um filme que escapou directamente da imaginação para o ecrã, sem pelo caminho ter de passar pela realidade".


O filme será lançado em duas edições, uma simples (16€) e outra de 2 discos (20€).

Notícias de Cinema:

Novos Projectos, Castings:


QTCannes.jpg


Agora que foi definitivamente afastada a hipótese de Quentin Tarantino vir a  realizar  um filme da saga Sexta Feira 13, todas as atenções se viram para aquele que será, em princípio o seu próximo filme, Inglorious Bastards. Para já sabe-se deste filme que será passado na Segunda Guerra Mundial e que terá como actor Michael Madsen. Parece também que devido à extensão da história o filme poderá ser dividido em duas partes, ao estilo de Kill Bill. 







Matthew Vaughn, que recentemente realizou Layer Cake foi o escolhido para realizar X-Men 3. Quanto a novas personages parece que serão introduzidos Gambit, The Beast e Angel. O produtor do filme Avi Arad diz que este será o filme com o argumento mais inteligente, profundo e controverso. Até pode ser verdade, mas o facto deste estar entregue à mesma pessoa que escreveu Elektra não é muito animador. Espero estar enganado, o primeiro X-Men é um bom filme, e foi extremamente importante para os filmes de super heróis, e o segundo é um excelente filme de acção. 






 Thomas Haden Church será o vilão de Spider Man 3. Ainda não se sabe é qual será a personagem da Marvel que o actor irá encarnar. Já que estamos a falar de filmes de super heróis, Hellboy 2 começará as filmagens no Outono deste ano.





Continuam as sequelas de maus filmes. Esta semana foi anunciado que estão a ser preparados os guiões para The Ring 3, Butterfly Effect 2, Spawn 2. O argumento de Final Destination 3 está também a ser escrito. Neste caso os dois primeiros filmes até não foram maus, mas será que é mesmo preciso mais uma sequela?





Bradley Raymond, que já fez para a Disney, Lion King 1/2 (um filme engraçado, por acaso) e O Corcunda de Notre Dame 2 será o realizador de Toy Story 3. Nem me vou dar ao trabalho de repetir o meu desagrado pela opção da Di$ney, que devia ter mais respeito pela empresa (a  Pixar) que impediu que o nome da companhia de afundasse ainda mais. É que muitas pessoas vêem nos poster dos filmes da Pixar o simbolo da Di$ney e pensam que o estúdio tem alguma coisa a ver com a produção do filme...


A propósito do assunto deixo aqui resposta de Brad Bird, quando lhe perguntaram se faria uma sequela para The Incredibles:


"Manter a mesma equipa é muito importante para obter uma boa sequela. Eu não quereria sequer ver um Toy Story 3 sem a Pixar. É quase como ver o Senhor dos Anéis 4 sem Peter Jackson. Alguém ia ver isso? Qualquer outra pessoa como Frodo? Todas as minhas sequelas preferidas foram feitas com aequipa original."


Vénia para este grande Senhor, assim mesmo com S grande.



Trailers:


Esta semana foi lançado o trailer de Cinderella Man. Mais um Oscar para Russel Crowe?


Temos ainda o trailer de Bewitched, que até parece ser engraçado, e lançado a semana passada, o novo trailer de A Guerra dos Mundos.


Vejam também o site de Hitchhikers Guide to the Galaxy, está muito bom.

The Ring - Edição Limitada: O Aviso

No site da Universal não há qualquer informação, mas segundo um artigo colocado nos foruns do site DVD Mania, a edição limitada de The Ring: O Aviso, recentemente colocada à venda, está a ser retirada do mercado. Parece que os dvd's pertencem a uma edição de outro país, não tendo legendas em português nem os extras publicitados. Aproveitem portanto para devolver os dvd's, enquanto podem.

Críticas: The Incredibles - Os Super Heróis

incredibles-dvd.jpg

The Incredibles - Os Super Heróis (The Incredibles) - 2004

Realizador: Brad Bird

Actores: Craig T. Nelson, Holly Hunter, Samuel L. Jackson, Jason Lee, John Ratzenberger, Wallace Shawn, Sarah Vowell, Brad Bird.

Especificações:

Vídeo: Widescreen 2:39:1 anamórfico

Áudio: Dolby Digital 5.1 em Inglês, Português, Espanhol e Catalão

Duração: 111 min

Legendas: Inglês, Português, Espanhol e Inglês para deficientes auditivos

Sinopse:

Bob Parr foi um dos maiores super-heróis do mundo. Conhecido por todos como Sr. Incrível, salvou vidas e lutou contra o mal diariamente, como que por profissão. Agora, quinze anos depois, Bob e a mulher Helen (também uma famosa super-heroína na altura), que adoptaram identidades civis, vivem nos subúrbios com os três filhos, levando vidas tranquilas. Bob trabalha para uma seguradora, longe da glória, tentando combater o aborrecimento e uma barriga considerável. A oportunidade de voltar à acção surge quando recebe uma comunicação misteriosa que o leva a uma ilha deserta para uma missão ultra-secreta

O Filme:

A Pixar mostra mais uma vez que não sabe fazer filmes maus. Depois dos fantásticos Toy Story 1 e 2, Monstros e Companhia, e Finding Nemo, e algumas curtas metragens brilhantes pelo meio, eis que os estúdios de animação de John Lasseter nos oferecem um dos melhores filme de animação de sempre. Ou talvez mesmo o melhor. The Incredibles – Os Super Heróis vai directamente para a minha lista de filmes absolutamente perfeitos, tão perfeito quanto um filme pode ser, com um lugar ao lado de filmes como King Kong, O Império Contra-Ataca, A Irmandade do Anel, As Aventuras de Robin dos Bosques, Casablanca, Os Salteadores da Arca Perdida ou Cinema Paraíso. Não estarei a exagerar? Se calhar a minha opinião será exagerada para muitos, mas só posso dizer que fiquei completamente apaixonado pelo filme, e não há nada a fazer contra isso.

O filme começa obviamente com o logotipo da Pixar, o pequeno candeeiro saltitante. Como já disse anteriormente, numa crítica a À Procura de Nemo, esta pequena animação é a prova do génio dos estúdios Pixar. O candeeiro mostra neste breves segundos de animação mais personalidade que muitos actores de carne e osso durante filmes inteiros.

Voltando ao The Incredibles. O argumento de Brad Bird para este filme é fabuloso. Bird criou uma história inteligente, que é uma mistura perfeita de comédia, drama e acção. As cenas de acção neste filme são fantásticas, muito bem acompanhados pelo design e a banda sonora, obviamente inspirados pelos primeiros filmes de James Bond. Mas também as cenas mais íntimas entre as personagens estão estão muito bem escritas. Os diálogos, juntamente com as animações tormam estas personagem tão cheias de vida que muitas vezes me esqueci que estava a ver uma animação. Além disso este é um filme que não é apenas para crianças, já que aborda muitos temas mais adultos que outros filmes do género. Há um momento de sedução entre as duas personagens principais, logo no inicio do filme, que é muito possivelmente o momento mais sensual que o cinema nos mostrou no último ano, e não, não estou maluco! Eu sei que é “apenas” um filme de animação, mas vejam e digam lá se não é verdade?

A animação da Pixar está também a grande nível é, como sempre, de cortar a respiração. Mas o que distingue verdadeiramente a animação neste filme, em relação a outros do género, é a atenção aos pormenores, pequenas coisas que a passaram facilmente despercebidas, mas que aumentam e muito a qualidade do filme. Por exemplo na cena em que Dash percebe que pode correr sobre água, o seu olhar de surpresa, e depois aquela gargalhada de orgulho... Perfeito.

Brad Bird criou com este filme um verdadeiro clássico, não só para as crianças mas também para os adultos. Durante todo o filme não pude evitar olhar para o ecrã sempre com um enorme sorriso. Desculpem o cliché, mas este filme é Incrível.

Classificação do Filme:

 5.jpg

Valor de Revisionamento :

 5.jpg


Os Extras:

Já estamos habituados à qualidade dos dvd dos filmes da Pixar, mesmos os de apenas um disco, logo não é de estranhar que esta edição de coleccionador seja de grande qualidade.

O primeiro disco contém, além do filme, o teaser de Cars, o próximo filme da Pixar e dois comentários, um com o realizador e argumentista Brad Bird e com o produtor, o outro da equipa de animadores. Ambos são interessantes e cheios de informações curiosas, especialmente o primeiro.

No segundo disco o grande destaque vai para a curta metragem Jack Jack Attacks (Zezé Ataca) , que foi feita especialmente para este dvd. Se estão com vontade de perguntar se é boa ou não, eu só tenho uma resposta: devia ter vergonha de fazer essa pergunta! Foi feito pela Pixar estão à espera do quê?

Quanto às cenas cortadas, são todas muito boas. A prova que a qualidade da Pixar vai muito para além da simples animação das cenas é a maneira como estas funcionam tão bem, mesmo quando apenas animadas a lápis de carvão. O realizador explica ainda, através de comentários a razão destas sequências terem ficado fora da montagem final.

O dvd tem ainda cerca de uma hora de cenas por detrás das câmaras, com um olhar muito competo ao que foi fazer este filme.

Outra preciosidade no dvd é um pequeno desenho animado, uma paródia aos antigos desenhos animados de super heróis. Excelente para umas gargalhadas. Como se isso não fosse suficiente, podemos ainda assistir a essa curta com comentários de Mr. Incredible e Frozone (muito irritado, entre outras coisas, pelo coelhinho que acompanha os nossos heróis). Muito bom.

Temos ainda uma última curta-metragem, Boundin’(Saltitão) , que passou nos cinemas antes de Incredibles, acompanhada de um comentário do realizador e de um pequeno documentário.

Para terminar temos ainda trailers do filme, galerias de imagens, apanhados e perfis dos vários super heróis. Ah, e não se esqueçam de procurar pelos Easter Eggs, são vários. Quase todos os menus têm um, basta esperar cerca de 30 segundos em cada um deles, que um robot irá aparecer no ecrã superior direito. Depois é só carregar nele.

Os principais extras são legendados em português. As curtas-metragens, no entanto, escaparam à legendagem.

Classificação dos Extras:

 5.jpg

Cronologia da Pixar

A Pixar tornou-se neste últimos anos um dos mais bem sucedidos estúdios de Hollywood. A propósito do lançamente de Incredibles - Os Super Heróis, aqui fica uma curta cronologia que nos conta um pouco mais da história da empresa.

1984 - John Lasseter deixa o seu trabalho como animador na Disney, para ir trabalhar para a Lucas Film, na divisão de gráficos por computador. Nesse mesmo ano Lasseter cria a primeira curta metragem da companhia, André and Wally B.

1986 - A empresa é comprada por Steve Jobs, passando oficialmente a chamar-se Pixar. Empregando nesta altura 44 pessoas este o princípio de uma das mais bem sucedidas empresas de animação de sempre. A Pixar cria a curta metragem Luxo Jr. onde aparece o pequeno candeeiro que se veio a tornar o símbola da empresa.

1987 - Luxo Jr. recebe vários prémios e é nomeado para o Óscar de Melhor Curta Metragem de Animação. Estreia a curta Red's Dream.

1988 - Red's Dream recebe vários prémios. Tin Toy é a curta deste ano.

1989 - Curta Metragem Knick Knack é criada, pela primeira vez através do pioneiro programa RenderMan, desenvolvido pela Pixar. Para não variar. Este é o ano em que a Pixar vence o seu primeiro Óscar, por Tin Toy.

1990 - A Pixar muda de instalações. Para não variar, Knick Knack vence vários prémios.

1991 - A Pixar forma uma aliança com a Disney, para a distribuição de pelo menos três filmes.

1995 - A Pixar estreia Toy Story, o primeiro filme totalmente feito em computador, e o mais rentável filme desse ano.

1996 - John Lasseter recebe um Óscar especial da Academia por pela sua "inspirada liderança da equipa responsável por Toy Story". Toy Story vence ainda, entre outros prémios, dois Globos de Ouro, para Melhor Filme e Melhor canção ("You've Got a Friend in Me")

1997 - O acordo com a Disney é alargado para cinco filmes. A Pixar cria a curta metragem Geri's Game.

1998 - Estreia o segundo filme da empresa, A Bug´s Life (Vida de Insecto), que se torna mais uma vez no filme mais rentável do ano. Geri's Game vence o Óscar de melhor curta.

1999 - A Pixar lança nos cinemas Toy Story 2, a primeira sequela se um filme de animação a fazer mais dinheiro que o seu antecessor.

2000 - Estreia a curta For the Birds, vencedora de um Óscar no ano seguinte.

2001 - Monster Inc (Monstros e Companhia) é o próximo filme a estrear nos cinemas. John Lasseter assina um contrato de 10 anos de exclusividade com os estúdios. A Pixar tem agora cerca de 600 empregados.

2002 - Monster Inc perde o Óscar de Melhor filme de animação para Shrek.

2003 - Finding Nemo (Á Procura de Nemo) é lançado nos cinemas. A curta Mike's New car é nomeada ao Óscar.

2004 - A Pixar recebe o merecido Óscar para Melhor Filme de Animação, por Finding Nemo. O filme é ainda nomeado para mais três Óscares. Estreia nos cinemas o seu mais recente filme: Incredibles, acompanhado pela curta metragem Boundin', nomeada para o Óscar.

2005 – Incredibles vence dois Óscares, Melhor Montagem Sonora e Melhor Filme de Animação. Recebeu ainda mais duas nomeações, para Melhor Argumento e Melhor Som.

2006 - Para o ano estreia Cars, a próxima aposta da companhia.

Sugestões da Semana: 28 Dias Depois

28 dias depois.jpg


Hoje trago-vos como sugestão filme de Danny Boyle, 28 Dias Depois.


Boyle é um realizador de excepção, que embora tenha feito grandes filmes, aclamados pela crítica e pelo público, ainda não conseguiu ter a sorte de produzir um grande exito de bilheteira. Contudo, basta ver os primeiros minutos de 28 Dias Depois, uma cena em que o actor principal acorda numa Londres aparentemente deserta,  para nos apercebermos no brilhantismo do realizador.


Muitas pessoas não gostam de filmes de zombies, mas este filme é muito mais que isso. As cenas de acção são filmadas com a mesma perfeição das cenas mais intimas, e a gestão do suspense é muito bem conseguida. Ainda por cima apenas por 7,95€ o que se podia pedir mais?

Destaque da Semana: Incredibles - Os Super Heróis

inc.JPG


Marquem nas vossas agendas o dia 24, Quinta Feira, o dia em que sai o dvd do melhor filme de 2004 (ou pelo menos o meu preferido), Incredibles - Os Super Heróis.


O filme será lançado numa edição especial de dois discos, carregada de extras, como cenas cortadas, comentários áudio e documentários. A não perder por ninguém que goste minimamente de cinema. Para ver vezes e vezes sem conta...


Contem com uma crítica, logo que consiga deitar as mãos a esta maravilha.

Pág. 1/3