Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DVD

DVD

Críticas: The Incredibles - Os Super Heróis

incredibles-dvd.jpg

The Incredibles - Os Super Heróis (The Incredibles) - 2004

Realizador: Brad Bird

Actores: Craig T. Nelson, Holly Hunter, Samuel L. Jackson, Jason Lee, John Ratzenberger, Wallace Shawn, Sarah Vowell, Brad Bird.

Especificações:

Vídeo: Widescreen 2:39:1 anamórfico

Áudio: Dolby Digital 5.1 em Inglês, Português, Espanhol e Catalão

Duração: 111 min

Legendas: Inglês, Português, Espanhol e Inglês para deficientes auditivos

Sinopse:

Bob Parr foi um dos maiores super-heróis do mundo. Conhecido por todos como Sr. Incrível, salvou vidas e lutou contra o mal diariamente, como que por profissão. Agora, quinze anos depois, Bob e a mulher Helen (também uma famosa super-heroína na altura), que adoptaram identidades civis, vivem nos subúrbios com os três filhos, levando vidas tranquilas. Bob trabalha para uma seguradora, longe da glória, tentando combater o aborrecimento e uma barriga considerável. A oportunidade de voltar à acção surge quando recebe uma comunicação misteriosa que o leva a uma ilha deserta para uma missão ultra-secreta

O Filme:

A Pixar mostra mais uma vez que não sabe fazer filmes maus. Depois dos fantásticos Toy Story 1 e 2, Monstros e Companhia, e Finding Nemo, e algumas curtas metragens brilhantes pelo meio, eis que os estúdios de animação de John Lasseter nos oferecem um dos melhores filme de animação de sempre. Ou talvez mesmo o melhor. The Incredibles – Os Super Heróis vai directamente para a minha lista de filmes absolutamente perfeitos, tão perfeito quanto um filme pode ser, com um lugar ao lado de filmes como King Kong, O Império Contra-Ataca, A Irmandade do Anel, As Aventuras de Robin dos Bosques, Casablanca, Os Salteadores da Arca Perdida ou Cinema Paraíso. Não estarei a exagerar? Se calhar a minha opinião será exagerada para muitos, mas só posso dizer que fiquei completamente apaixonado pelo filme, e não há nada a fazer contra isso.

O filme começa obviamente com o logotipo da Pixar, o pequeno candeeiro saltitante. Como já disse anteriormente, numa crítica a À Procura de Nemo, esta pequena animação é a prova do génio dos estúdios Pixar. O candeeiro mostra neste breves segundos de animação mais personalidade que muitos actores de carne e osso durante filmes inteiros.

Voltando ao The Incredibles. O argumento de Brad Bird para este filme é fabuloso. Bird criou uma história inteligente, que é uma mistura perfeita de comédia, drama e acção. As cenas de acção neste filme são fantásticas, muito bem acompanhados pelo design e a banda sonora, obviamente inspirados pelos primeiros filmes de James Bond. Mas também as cenas mais íntimas entre as personagens estão estão muito bem escritas. Os diálogos, juntamente com as animações tormam estas personagem tão cheias de vida que muitas vezes me esqueci que estava a ver uma animação. Além disso este é um filme que não é apenas para crianças, já que aborda muitos temas mais adultos que outros filmes do género. Há um momento de sedução entre as duas personagens principais, logo no inicio do filme, que é muito possivelmente o momento mais sensual que o cinema nos mostrou no último ano, e não, não estou maluco! Eu sei que é “apenas” um filme de animação, mas vejam e digam lá se não é verdade?

A animação da Pixar está também a grande nível é, como sempre, de cortar a respiração. Mas o que distingue verdadeiramente a animação neste filme, em relação a outros do género, é a atenção aos pormenores, pequenas coisas que a passaram facilmente despercebidas, mas que aumentam e muito a qualidade do filme. Por exemplo na cena em que Dash percebe que pode correr sobre água, o seu olhar de surpresa, e depois aquela gargalhada de orgulho... Perfeito.

Brad Bird criou com este filme um verdadeiro clássico, não só para as crianças mas também para os adultos. Durante todo o filme não pude evitar olhar para o ecrã sempre com um enorme sorriso. Desculpem o cliché, mas este filme é Incrível.

Classificação do Filme:

 5.jpg

Valor de Revisionamento :

 5.jpg


Os Extras:

Já estamos habituados à qualidade dos dvd dos filmes da Pixar, mesmos os de apenas um disco, logo não é de estranhar que esta edição de coleccionador seja de grande qualidade.

O primeiro disco contém, além do filme, o teaser de Cars, o próximo filme da Pixar e dois comentários, um com o realizador e argumentista Brad Bird e com o produtor, o outro da equipa de animadores. Ambos são interessantes e cheios de informações curiosas, especialmente o primeiro.

No segundo disco o grande destaque vai para a curta metragem Jack Jack Attacks (Zezé Ataca) , que foi feita especialmente para este dvd. Se estão com vontade de perguntar se é boa ou não, eu só tenho uma resposta: devia ter vergonha de fazer essa pergunta! Foi feito pela Pixar estão à espera do quê?

Quanto às cenas cortadas, são todas muito boas. A prova que a qualidade da Pixar vai muito para além da simples animação das cenas é a maneira como estas funcionam tão bem, mesmo quando apenas animadas a lápis de carvão. O realizador explica ainda, através de comentários a razão destas sequências terem ficado fora da montagem final.

O dvd tem ainda cerca de uma hora de cenas por detrás das câmaras, com um olhar muito competo ao que foi fazer este filme.

Outra preciosidade no dvd é um pequeno desenho animado, uma paródia aos antigos desenhos animados de super heróis. Excelente para umas gargalhadas. Como se isso não fosse suficiente, podemos ainda assistir a essa curta com comentários de Mr. Incredible e Frozone (muito irritado, entre outras coisas, pelo coelhinho que acompanha os nossos heróis). Muito bom.

Temos ainda uma última curta-metragem, Boundin’(Saltitão) , que passou nos cinemas antes de Incredibles, acompanhada de um comentário do realizador e de um pequeno documentário.

Para terminar temos ainda trailers do filme, galerias de imagens, apanhados e perfis dos vários super heróis. Ah, e não se esqueçam de procurar pelos Easter Eggs, são vários. Quase todos os menus têm um, basta esperar cerca de 30 segundos em cada um deles, que um robot irá aparecer no ecrã superior direito. Depois é só carregar nele.

Os principais extras são legendados em português. As curtas-metragens, no entanto, escaparam à legendagem.

Classificação dos Extras:

 5.jpg

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2006
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2005
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2004
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D