Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DVD

DVD

Os Trinta Melhores Filmes Lançados em DVD em 2004: #6 - A Lista de Schindler

a_lista_de_schindler_edicao_especial.jpg


Sinopse:


A Lista de Schindler, um filme de Steven Spielberg, é uma obra-prima, que se tornou um dos mais distinguidos filmes de todos os tempos.


Vencedor de sete Óscares® da Academia, incluindo Melhor Filme e Melhor Realizador, venceu igualmente os mais importantes prémios para Melhor Filme e arrecadou uma significativa quantidade de menções honrosas. Entre as distinções, destacam-se os sete Prémios da Academia Britânica; o Prémio do Melhor Filme pelo New York Film Critics Circle, o National Society of Film Critics, o National Board of Review, o Producers Guild, o Los Angeles Film Critics, o Chicago, Boston e Dallas Film Critics; um Prémio Christopher e um Globo de Ouro da Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood. Steven Spielberg foi ainda distinguido com o Directors Guild of América Award.


O filme representa a indelével história do enigmático Oskar Schindler, um membro do partido nazi, mulherengo e especulador de guerra, que salvou a vida a mais de 1100 judeus durante o Holocausto. Foi o triunfo de um homem que fez a diferença no drama daqueles que sobreviveram a um dos capítulos negros da história da humanidade, salvos pelo que ele fez.


Realizado por Steven Spielberg, o filme que venceu igualmente os Óscares® da Academia nas categorias de Argumento, Fotografia, Banda Sonora, Montagem e Direcção Artística, conta com um elenco de aclamados actores, como Liam Neeson, Bem Kingsley, Ralph Fiennes, Caroline Goodall Jonathan Sagalle e Embeth David tz. Apresenta um magnífico trabalho de digitalização, áudio 5.1 digital e um considerável número de material adicional completamente novo.


O Filme:



A Lista de Schindler conta a história verídica de Oskar Schindler, um homem de negócios que ao tentar fazer fortuna durante a 2ª Guerra Mundial explorando a mão de obra barata judaica, acabou sem nada, depois de ter salvo mais de mil judeus da morte durante o Holocausto.


No meio da imensidão de filmes sobre o Holocausto, um dos que mais se destaca é "A Lista de Schindler" de Steven Spielberg. Foi com esta obra, provavelmente a sua obra prima até agora, que este realizador norte-americano conseguiu finalmente convencer a Academia e levar para casa o Óscar. A verdade é que é virtualmente impossível não se gostar desta película e não nos sentirmos emocionados e tocados com a história do alemão que salvou centenas de judeus.


Spielberg arriscou e convenceu. O facto de ser a preto e branco consegue uma maior envolvência com o espectador, focando a sua atenção mais intensamente na história e nas personagens em si. Dá a tudo um aspecto mais real já que as únicas imagens que a maioria de nós tem dessa altura são também a preto e branco. Além disso, consegue assim chamar a atenção para determinados pormenores ou produzir uma impressão mais duradoura em quem vê, simplesmente adicionando cor nesses momentos. É óbvio que caso fosse completamente colorido, seria igualmente bom, mas este é um dos pormenores que faz com que não se consiga esquecer facilmente este filme.


Não sendo tão chocantemente realista como o mais recente "The Pianist" de Polanski, consegue mostrar toda a violência e horrores da guerra, a par de muita generosidade. Vimos um pouco do melhor e do pior do que o ser humano é capaz E ao contrário de alguns filmes de Spielberg em que as personagens tendem por vezes a ser demasiado lineares, tal não acontece aqui. Talvez a isso ajudem as boas interpretações de um elenco muito bem escolhido. Liam Neeson desempenha um Schindler contido mas com a dose certa de emoção na altura certa. Ralph Fiennes é um implacável oficial alemão com uma personalidade muito complexa. Ben Kingsley, o contabilista judeu, e todos os outros actores estão também muito bem.


A história que dá corpo a este filme, é sem dúvida apaixonante. Spielberg consegue contá-la de uma forma despida de melodramatismos excessivos ou inapropriados nos quais teria sido muito fácil cair. Constrói um filme cinematograficamente belíssimo, com uma conjungação de factores quase perfeita. Um "must have" na colecção de qualquer cinéfilo que se preze.


Carla L.Santos


Classificação do filme:


 5.jpg


Os Extras:


No que aos extras diz respeito, esta edição especial não é assim tão especial como isso, já que não existe nada sobre a  rodagem do filme. Os dois documentários, no entanto bastante interessantes, focam-se na fundação criada por Steven Spielberg para manter vivos os depoimentos dos sobreviventos ao Holocausto.


Pode não ser muito em termos quantitativos, mas só por estes dois documentários já vale bem a pena comprar esta edição. É uma verdadeira lição de vida.


Classificação dos Extras:


4.jpg

3 comentários

Comentar post