Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DVD

DVD

Os Trinta Melhores Filmes Lançados em DVD em 2004: #20 - A Paixão de Cristo

passion.jpg

Sinopse:

Depois do sucesso mundial de bilheteira em todo o mundo, com uma receita acumulada de 375 milhões US$ nos E.U.A, superando assim todas as expectativas, o filme A Paixão de Cristo entrou directamente para o Top 10 dos filmes mais vistos de sempre em Portugal.
Com mais de 800.000 espectadores nas salas de cinema portuguesas, o filme A Paixão de Cristo tornou-se o maior fenómeno cinematográfico do ano, ocupando a primeira posição no Top de filmes exibidos este ano em Portugal.
Todo este sucesso está intimamente ligado à polémica gerada em torno do filme, em parte devido ao realismo sem compromissos com que o realizador vencedor do Oscar® da Academia Mel Gibson abordou o sensível tema das últimas doze horas da vida de Cristo, através de um testemunho emocionalmente arrebatador.
Para tal, Mel Gibson recorreu a uma fantástica equipa técnica, entre os talentos incluídos nesta produção estão, o quatro vezes nomeado para os Oscares® da Academia Caleb Deschanel como director de fotografia, o premiado designer de produção Francesco Frigeri, o nomeado duas vezes para os Oscares® da Academia Maurizio Millenotti, como responsável pelos figurinos, a equipa de efeitos especiais de maquiagem de Keith Vanderlann e Greg Cannom, que já venceu dois Oscares® e o nomeado duas vezes para os Oscares® John Wright como responsável pela montagem.

O filme:

A Paixão de Cristo partiu da vontade de Mel Gibson em fazer um filme sobre as últimas doze horas da vida de Jesus Cristo.
O filme, financiado com o seu próprio dinheiro, tornou-se um dos mais polémicos filmes de sempre, o que só contribuiu para a sua exposição mediatica e consequentemente para que se tornasse num dos mais lucrativos filmes do ano.

Não quero estar a entrar em discuções religiosas ou raciais, apenas vou dizer que acho um disparate acusar A Paixão de Cristo de anti-semita, pelo menos o filme não o será mais anti-semita do que as sagradas escrituras.

Quanto à violência, o filme é tudo aquilo que foi dito. Existem cenas absolutamente brutais, e por uma ou duas vezes será mesmo dificil resistir a desviar o olhar do ecrã. De qualquer modo a violência não é, de todo, gratuita, é pelo contrário necessária para se compreender o que Jesus realmente passou.
No entanto um sério aviso, não são imagens para qualquer pessoa, aqui há sangue, pele rasgada e ossos à vista.

Mel Gibson faz neste filme um trabalho notável, o argumento e a realização são impecáveis e a explendida fotografia de Caleb Deschanel é de uma beleza arrebatadora.
Também o trabalho dos actors é digno de nota, mas os maiores aplausos vão sem dúvida para Jim Caviezel, que tem uma entrega notável a interpretar Jesus. Merecedor do Óscar.

Em resumo, este não será um filme para toda a gente, mas quem tiver estômago para aguentar as cenas mais violentas poderá certamente apreciar uma obra verdadeiramente poderosa.

Classificação do Filme:

4,5.jpg 

Os Extras:

O dvd trás um trailer como extra .

Classificação dos Extras:

1.jpg