Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DVD

DVD

Os Trinta Melhores Filmes Lançados em DVD em 2004: #30 - Hulk

Começará hoje a ser publicado o Top 30 dos Melhores Filme Lançados em DVD em 2004.


Cada dia deste mês será colocada no blog a crítica a um dos 30 filmes. O critério para elaboração do top foi apenas a qualidade do filme, não a do dvd ou dos extras. Estão apenas no top filmes que foram (ou ainda vão ser) lançados em Portuagl este ano, independentemente do ano de produção.


Como qualquer outro top este é muito subjectivo, pois depende apenas da minha opinião. A escolha dos filmes não foi fácil, alguns que  podiam ter entrado no top acabaram por ficar de fora, outros podiam estar umas posições mais acima ou mais abaixo, mas penso que, no geral, este top reflete bem a minha opinião quanto aos fimes que mais gostei este ano. Estejam no entanto à vontade para discordar, e até para fazerem o vosso próprio top, é para isso que servem os comentários.


Vamos então ao primeiro:


hulk-dvd2.jpg

Sinopse:


O cientista Bruce Banner (Eric Bana) debate-se com problemas de gestão da sua personalidade.
À sua pacata vida de investigador científico ao lado da ex-namorada Betty Ross (Jennifer Connely) opõe-se um passado doloroso. Um acidente no laboratório conduz à revelação dos impulsos heróicos de Bruce, mas simultaneamente liberta a sua natureza maléfica. Bruce torna-se então no mais poderoso e ambíguo dos seres à face da Terra: Um super-herói e um monstro.

O Filme:


Hulk é um dos mais surpreendentes e incompreendidos filmes de 2003. À partida, pelo pouco que sabia da B.D. e pelo que foi mostrado nos trailers pensei que ia ser mais um filme de acção, completamente dominado pelos efeitos especiais, e com nenhum desenvolvimento de personagens. Não podia portanto ter estado mais longe da verdade. Isto porque o filme foca essencialmente o conflico Banner/Hulk, já que Bruce se encontra dividido pelos sentimentos contraditórios que Hulk lhe provoca. Se por um lado ele sabe que quando se transforma, se torna num monte de músculos impossível de controlar, cujo único objectivo é a destruição, pelo outro não consegue deixar de sentir prazer na total liberdade e sensação de poder que Hulk lhe trás:


 “But you know what scares me the most? When I can't fight it anymore, when it takes over, when I totally lose control... I like it.”


 É curioso ver aliás a semelhança de Hulk não só com a personagem Dr. Jeckil e Mr. Hide, infuência assumida, mas também com King Kong, o monstro destruidor, amansado apenas pela beleza de uma mulher.


A abordagem mais filosófica à personagem, levou a que muitos dos que esperava um filme de acção desmiolada viessem criticar o filme, o que levou a uma recepção pouco calorosa nas bilheteiras, mas foi esta opção que elevou o filme a outro nível, o “blockbuster de autor” nas palavras de Vasco Câmara, do jornal Público.


No entanto, quando Hulk se zanga, a acção não deixará ninguém desapontado, são sequências emocionates e poderosas, muito bem filmadas e animadas, como o ataque com os helicópteros.


Quanto aos aspectos técnicos a realização de Ang Lee é muito boa, assim como a direcção de fotografia,  mas o que se destaca realmente no filme é a inovadora montagem, que usa o aspecto dos livros de B.D. para criar passagens dinâmicas entre as cenas, esta técnica devia ter merecido, pelo menos, uma nomeação ao Óscar, nesta categoria.


 Nota final para a banda-sonora de Danny Elfman, que parece ser o compositor obrigatório para filmes de super-heróis, e para o desempenhos dos actores. Jennifer Connely, Eric Bana e Nick Nolte (aliás a cena final entre estes dois actors, que quase parece uma cena de teatro, é qualquer coisa de brilhante).


Classificação do filme:


[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] <p>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<P>Começará hoje a ser publicado o Top 30 dos Melhores Filme Lançados em DVD em 2004.</P>
<P>Cada dia deste mês será colocada no blog a crítica a um dos 30 filmes. O critério para elaboração do top foi apenas a qualidade do filme, não a do dvd ou dos extras. Estão apenas no top filmes que foram (ou ainda vão ser) lançados em Portuagl este ano, independentemente do ano de produção.</P>
<P>Como qualquer outro top este é muito subjectivo, pois depende apenas da minha opinião. A escolha dos filmes não foi fácil, alguns que  podiam ter entrado no top acabaram por ficar de fora, outros podiam estar umas posições mais acima ou mais abaixo, mas penso que, no geral, este top reflete bem a minha opinião quanto aos fimes que mais gostei este ano. Estejam no entanto à vontade para discordar, e até para fazerem o vosso próprio top, é para isso que servem os comentários.</P>
<P>Vamos então ao primeiro:</P>
<P align=center><IMG height=300 alt=hulk-dvd2.jpg src="http://dvd.blogs.sapo.pt/arquivo/hulk-dvd2.jpg" width=211 border=0></P>
<P align=left><STRONG>Sinopse:</STRONG></P>
<P align=left>O cientista Bruce Banner (<STRONG>Eric Bana</STRONG>) debate-se com problemas de gestão da sua personalidade.<BR>À sua pacata vida de investigador científico ao lado da ex-namorada Betty Ross (<STRONG>Jennifer Connely</STRONG>) opõe-se um passado doloroso. Um acidente no laboratório conduz à revelação dos impulsos heróicos de Bruce, mas simultaneamente liberta a sua natureza maléfica. Bruce torna-se então no mais poderoso e ambíguo dos seres à face da Terra: Um super-herói e um monstro.</P>
<P align=left><STRONG>O</STRONG> <STRONG>Filme:</STRONG></P>
<P align=left><STRONG>Hulk</STRONG> é um dos mais surpreendentes e incompreendidos filmes de 2003. À partida, pelo pouco que sabia da B.D. e pelo que foi mostrado nos trailers pensei que ia ser mais um filme de acção, completamente dominado pelos efeitos especiais, e com nenhum desenvolvimento de personagens. Não podia portanto ter estado mais longe da verdade. Isto porque o filme foca essencialmente o conflico Banner/Hulk, já que Bruce se encontra dividido pelos sentimentos contraditórios que Hulk lhe provoca. Se por um lado ele sabe que quando se transforma, se torna num monte de músculos impossível de controlar, cujo único objectivo é a destruição, pelo outro não consegue deixar de sentir prazer na total liberdade e sensação de poder que Hulk lhe trás: </P>
<P align=left> “But you know what scares me the most? When I can't fight it anymore, when it takes over, when I totally lose control... I like it.”</P>
<P align=left> É curioso ver aliás a semelhança de Hulk não só com a personagem Dr. Jeckil e Mr. Hide, infuência assumida, mas também com King Kong, o monstro destruidor, amansado apenas pela beleza de uma mulher.</P>
<P align=left>A abordagem mais filosófica à personagem, levou a que muitos dos que esperava um filme de acção desmiolada viessem criticar o filme, o que levou a uma recepção pouco calorosa nas bilheteiras, mas foi esta opção que elevou o filme a outro nível, o “blockbuster de autor” nas palavras de Vasco Câmara, do jornal Público.</P>
<P align=left>No entanto, quando Hulk se zanga, a acção não deixará ninguém desapontado, são sequências emocionates e poderosas, muito bem filmadas e animadas, como o ataque com os helicópteros.</P>
<P align=left>Quanto aos aspectos técnicos a realização de <STRONG>Ang Lee </STRONG>é muito boa, assim como a direcção de fotografia,  mas o que se destaca realmente no filme é a inovadora montagem, que usa o aspecto dos livros de B.D. para criar passagens dinâmicas entre as cenas, esta técnica devia ter merecido, pelo menos, uma nomeação ao Óscar, nesta categoria.</P>
<P align=left> Nota final para a banda-sonora de<STRONG> Danny Elfman</STRONG>, que parece ser o compositor obrigatório para filmes de super-heróis, e para o desempenhos dos actores. Jennifer <STRONG>Connely,</STRONG> <STRONG>Eric Bana </STRONG>e <STRONG>Nick Nolte </STRONG>(aliás a cena final entre estes dois actors, que quase parece uma cena de teatro, é qualquer coisa de brilhante).</P>
<P align=left><STRONG>Classificação do filme:</STRONG> </P>
<P align=left><IMG class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; WIDTH: 106px; HEIGHT: 22px; TEXT-ALIGN: justify" height=344 alt=4.jpg src="http://dvd.blogs.sapo.pt/arquivo/4.jpg" <P><SPAN lang=PT style="mso-ansi-language: PT"> <?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" /><o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><SPAN lang=PT style="mso-ansi-language: PT"> <o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><B><SPAN lang=PT style="mso-ansi-language: PT">Os Extras:<o:p></o:p></SPAN></B></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><B><SPAN lang=PT style="mso-ansi-language: PT"> <o:p></o:p></SPAN></B></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><SPAN lang=PT style="mso-ansi-language: PT">Os dois discos de extras da edição especial são muito completos e não deixarão desiludido quem quiser sabe mais sobre o filme. Temos então:<o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; TEXT-ALIGN: justify"><B><SPAN lang=PT style="mso-ansi-language: PT"> <o:p></o:p></SPAN></B></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt"><SPAN lang=PT style="FONT-SIZE: 10pt; FONT-FAMILY: Arial; mso-ansi-language: PT"><STRONG>Comentário Áudio de Ang Lee:</STRONG> Interessante, mas monótono.<o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt"><SPAN lang=PT style="FONT-SIZE: 10pt; FONT-FAMILY: Arial; mso-ansi-language: PT"> <o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt"><SPAN lang=PT style="FONT-SIZE: 10pt; FONT-FAMILY: Arial; mso-ansi-language: PT"><STRONG>Hulkificação:</STRONG> Alguns conhecidos autores de banda desenhada adaptam uma das cenas do filme para B.D. <o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt"><SPAN lang=PT style="FONT-SIZE: 10pt; FONT-FAMILY: Arial; mso-ansi-language: PT"><BR><STRONG>A Evolução de Hulk: </STRONG>A história da personagem, desde a sua criação até ao filme, passando pela série de T.V.<o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt"><SPAN lang=PT style="FONT-SIZE: 10pt; FONT-FAMILY: Arial; mso-ansi-language: PT"><BR><STRONG>O Incrível Ang Lee:</STRONG> Aqui pode-se ver como Ang Lee<SPAN style="mso-spacerun: yes">  </SPAN>se envolveu na criação do Hulk, vestindo os fatos de captura de movimentos e executando ele próprio as cenas como queria.<BR><BR><STRONG>A Cena da Luta Canina: </STRONG>Um olhar em pormenor para a cena de luta com os cães.<BR><BR>O Estilo Invulgar de Editar o Hulk: Documentário sobre o curioso (e brilhante) estilo de montagem.<BR style="mso-special-character: line-break"><BR style="mso-special-character: line-break"><o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt"><SPAN lang=PT style="FONT-SIZE: 10pt; FONT-FAMILY: Arial; mso-ansi-language: PT"><STRONG>O Making Of de Hulk:</STRONG> Um bom making of, focando todos os pontos importantes da rodagem.<BR><BR><STRONG>Cenas Cortadas:</STRONG> Sete cenas cortadas, sendo que nenhuma merecia realmente entrar no filme, não deixam de merecer uma vista de olhos.<o:p></o:p></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt"><SPAN lang=PT style="FONT-SIZE: 10pt; FONT-FAMILY: Arial; mso-ansi-language: PT"><BR><STRONG>Características do DVD-ROM<o:p></o:p></STRONG></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt"><SPAN lang=PT style="FONT-SIZE: 10pt; FONT-FAMILY: Arial; mso-ansi-language: PT"><BR><STRONG>O Super-herói Revelado: A Anatomia do Hulk<o:p></o:p></STRONG></SPAN></P>
<P class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt"><SPAN lang=PT style="FONT-SIZE: 10pt; FONT-FAMILY: Arial; mso-ansi-language: PT"><STRONG> <o:p></o:p></STRONG></SPAN></P><SPAN lang=PT style="FONT-SIZE: 10pt; FONT-FAMILY: Arial; mso-ansi-language: PT; mso-fareast-font-family: 'Times New Roman'; mso-fareast-language: EN-US; mso-bidi-language: AR-SA">Existe ainda uma edição de três discos que trás mais um documentário de 45 minutos e um pequeno livro nº 1 de B.D. </SPAN>
<P align=left><STRONG>Classificação dos Extras:</STRONG></P>
<P align=left> <IMG class=MsoNormal style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt; WIDTH: 106px; HEIGHT: 22px; TEXT-ALIGN: justify" height=344 alt=4.jpg src="http://dvd.blogs.sapo.pt/arquivo/4.jpg" <P><SPAN lang=PT style="mso-ansi-language: PT"> <o:p></o:p></SPAN></P>

3 comentários

Comentar post