Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DVD

DVD

Titanic - Edição do 10º Aniversário



Apesar de ainda recentemente terem sido lançadas duas novas edições de Titanic, uma de dois e outra de quatro discos, a Paramount confirmou que está a planear uma nova edição, para comemorar o 10º aniversário do filme.

Eu devo ser das poucas pessoas que hoje em dia admitem gostar de Titanic (até porque se tornou quase uma moda dizer que o filme é mau) mas com a excelente edição de quatro discos já existente (e que é tão recente), não vejo a lógica desta nova edição. A não ser, claro ganhar ainda mais dinheiro com aquele que continua a ser o filme mais rentável de sempre nas bilheteiras (em valores não ajustados à inflacção).

Não há, para já, pormenores quanto a extras ou possíveis alterações ao filme, apenas se sabe que dia 20 de Novembro é a data prevista de lançamento.

Em pulgas!!!!



Diz José Vieria Mendes, no blog da Premiere, sobre o visionamento de Blade Runner: Final Cut no festival de Veneza:

Ainda estou arrepiado, com o filme na generalidade, mas principalmente com a cena de amor entre Harrisson Ford e Sean Young, ao som do tema de Vangelis, em Blade Runner: The Final Cut, de Ridley Scott, numa outra versão, diferente para melhor, e com um final surpresa, deste filme que há 25 anos marcou uma geração de cinéfilos.

Para melhor? Melhor ainda?? Preciso de ver este filme, já!!

Lançamentos da Lusomundo para Setembro



Dia 5

Os Robinsons (Meet the Robinsons)

Não tive ainda oportunidade de ver o mais recente filme da Walt Disney, mas pelo que li e ouvi, parece-me melhor que as mais recentes tentativas da companhia, que não faz um filme realmente bom para aí desde Lilo & Stich.

Links: imdb, trailer


Porcos e Selvagens (Wild Hogs)

Uma comédia com um bom elenco, mas parece-me a mim, sem grandes ideias.

Links: imdb, trailer

Dia 21



O Atirador (Shooter)

Antoine Fuqua continua a viver do crédito de ter feito um filme muito bom, Dia de Treino, mas a verdade é nunca mais fez nada realmente interessante. Pelas críticas que teve não me parece que seja este filme a mudar as coisas, mas mesmo assim confesso que tenho alguma curiosidade de o ver.

Links: imdb, trailer


 Dia 26

O Segredo de Terabítia (The Bridge to Terabithia)

O Segredo de Terabítia foi para mim uma das mais agradáveis surpresas deste ano. Os trailers e o marketing em geral levavam a comprar isto com filmes como Crónicas de Nárnia e essa estratégia, parece-me a mim, foi uma das grandes causas  para o fraco sucesso alcançado por esta adaptação de um livro infantil.

É a história de duas crianças, ambas marginalizadas na escola, e que passam os tempos livers juntas num bosque, num reino mágico inventado por eles. Mas longe de ser um conto de fadas o filme tem uma dura lição para nos mostrar. É uma história tocante, até mesmo triste, mas que merece mesmo ser vista.

Links: imdb, trailer


O Mundo Encantado de Beatrix Potter (Miss Potter)

Links: imdb, trailer


O Labirinto do Fauno (El Laberinto del Fauno)

Este é o meu filme preferido dos estreados este ano, até agora (se bem que ainda me faltam alguns filmes potencialmente interessantes que não tive oportunidade de ver).

Guillermo del Toro criou aqui um delicioso conto de fadas. É um filme, belo e comovente, mas também violento e negro, como não podia deixar de ser um filme do realizador mexicano. Ainda por cima terá direito a uma edição especial de dois discos, o que torna a compra ainda mais indispensável.

Links: imdb, trailer

Na informação que a Lusomundo enviou com estes lançamentos (e mais alguns que não me pareceram tão interessantes) assinala também para dia 26 o lançamento de O Livro Negro (Black Book), presumo que a informação esteja errada, já que no site da Fnac o filme já se encontra disponível para venda.

Amanhã nas lojas: A Teia de Carlota


Amanha será lançado o filme A Teia de Carlota, uma adaptação de um livro infantil de E. B. White, ao estilo de Um Porquinho Chamado Babe, que certamente fará as delícias de muitas crianças por esse país fora. Eu não posso dizer grande coisa sobre o filme, já que não tive oportunidade de o ver, mas deixo aqui um excerto do press release da Lusomundo:



Um Conto Mágico

Neste filme um pequeno porco descobre que a força mais poderosa do mundo é a amizade. Após a jovem Flor (Dakota Flanning) salvar Abílio, o porco, de um destino cruel ele torna-se a mais nova aquisição do celeiro. Abílio tem um comportamento muito jovem que o faz parecer ingénuo aos olhos dos outros animais, mas para Carlota – a aranha que vive nos barrotes – ele pode vir a ser um amigo. A amizade crescente entre os dois faz transparecer que vai ser duradoura até que os outros animais revelam que Abílio tem os dias contados. Parece que apenas um milagre poderá salvar a vida de Abílio, mas uma Carlota determinada tece palavras na sua teia num esforço de convencer o agricultor de que Abílio é “um porco” que merece ser salvo.


 

Extras:


Comentário do Realizador ∙ Comentário do Produtor John Kerner e do Supervisor de Efeitos Visuais John Andrew Berton Jr. ∙ Making Off ∙ Algumas Vozes ∙ Histórias de Porcos do Flacka ∙ Como é que eles fazem aquilo? ∙ O que faz um Clássico ∙ Onde estão eles agora? ∙ Videoclip “Ordinary Miracle” de Sarah McLachlan ∙ Videoclip “Make a Wish” de Bob Carlisle e Lucy Cane ∙ Um Dia na Feira ∙ Álbum de Fotografias da Quinta ∙ Gags ∙ Cenas Cortadas

 

Cada DVD inclui a versão original e a versão dobrada para português.


 

Links: imdb, site nacional

Momentos de Magia: Blade Runner


Batty: I've seen things you people wouldn't believe. Attack ships on fire off the shoulder of Orion. I watched C-beams glitter in the dark near the Tannhauser gate. All those moments will be lost in time, like tears in rain. Time to die.

A propósito da notícia do lançamento de Blade Runner aqui deixo uma das cenas mais icónicas desde filme. Uma cena brilhante que é toda de Rutger Hauer.

Uma das grandes injustiças do mundo do cinema é como Rutger Hauer nunca foi reconhecido como dos grandes actores da sua geração. Felizmente parece ter recuperado um pouco a sua carreira nos últimos tempos, entrando em filmes como Batman Begins ou Sin City.

Links: Rutger Hauer (imdb)

Blade Runner a 18 de Dezembro

A notícia já não é muito recente, mas dado as prolongadas férias deste blog, façam de conta que não sabem de nada e finjam-se surpreendidos.

As tão ansiadas novas edições de Blade Runner vão ser lançadas dia 18 de Dezembro, mesmo a tempo para entrarem nas listas para o Pai Natal.

Vão estar disponíveis três versões diferentes. Uma edição de dois discos, que conterá apenas a nova versão do filme (o Final Cut), e será acompanhado de comentários áudio e um documentário extensivo sobre o filme. O Final Cut vai ter estreia mundial dia 1 de Setembro, no Festival de Veneza, onde o filme poderá ser apreciado com novas cenas, efeitos especiais melhorados e nova banda sonora em Dolby Digital 5.1.



A versão de 4 discos inclui o mesmo que a anterior mais três versões do filme (a original, o director's cut de 92 e a versão original de 82), mais alguns extras.



Por fim há a edição de cinco discos que contém tudo as anteriores mais uma outra versão do filme (!), fotografias da produção, um unicórnio em origami(!!), mais um comentário áudio e outros extras.



Para mais informação sobre a história por detrás das várias versões do filme, podem ler este artigo, que escrevi uns tempos atrás.

Hot Fuzz afinal vai estrear nos cinemas



Há uns meses tinha noticiado aqui no blog que Hot Fuzz, uma excelente comédia da equipa do igualmente brilhante Shaun of the Dead, iria sair no nosso país directamente para dvd.

Agora, segundo informa Nuno Markl no seu blog, a Lusomundo voltou atrás com a sua decisão e o filme vai ter mesmo direito a estreia nas nossas salas. Ainda por cima o Nuno Markl vai ajudar na promoção do filme, o que só pode ser um  bom sinal.

Lá vou ter de esperar mais uns meses para deitar as mão ao dvd deste filme, mas será por uma boa causa.

Links: imdb, trailer

Disney desiste de sequelas directas para dvd


John Lasseter e Ed Catmull, que passaram a controlar a divisão de animação da Disney quando esta comprou a Pixar, decidiram acabar com a política de lançamentos de sequelas directas para dvd dos grandes clássicos da Disney. A decisão deve-se obviamente aos objectivos puramente comerciais da produção destes filmes, que raramente (ou nunca) estiveram ao nível do melhor que a companhia deve fazer. Como tal, o próximo destes filmes, A Pequena Sereia III, será a última produção da Disney nestes moldes.

É muito curioso verificar que embora tenha sido a Disney a comprar a Pixar, o ano passado, parece mais que aconteceu o oposto. Não só porque Steve Jobs (o anterior dono da Pixar, dono da Apple) passou a ser o maior accionista da Disney, mas também porque John Lasseter passou a ser o director criativo (cargo que também detém na Pixar).

John Lasseter foi um dos co-fundadores da Pixar e realizou Toy Story, Uma Vida de Insecto, Toy Story 2 e Carros. Sendo um apaixonado por animação já tomou decisões marcantes para a Disney, como voltar atrás com a decisão de acabar com os filmes animados em 2D, passando agora a ser escolhido o tipo de animação mais adequado a cada produção do estúdio. Outra decisão importante foi a de retomar a tradição da Disney em colocar uma curta metragem antes de cada filme (o que sempre aconteceu com a Pixar), como forma de testar novas ideias e dar oportunidades a novos talentos.

Sendo a Pixar um dos melhores estúdios de cinema do mundo, basta ver não fizeram um único filme que não fosse bom, fica claro que a empresa do rato Mickey nunca esteve em tão boas mãos desde que deixou de ser controlada po Walt Disney.